ARCH
Valadares

PROJETO N.º 2324

Apoio no âmbito do Sistema de Incentivos Internacionalização PME
ARCH – Advanced Research Ceramic Heritage: going global

 

Investimento total: 1.109.153,78 euros

Apoio financeiro da UE: 490.737,95 euros

Apoio financeiro público nacional: 0 euros

 

 

 

Síntese do projeto

O projeto prevê uma abordagem a novos mercados externos de uma forma integrada, traduzida na implementação de ações e na realização de investimentos relevantes em todas as áreas assinaladas. Essa abordagem integrada e multifacetada constitui desde logo uma lógica inovadora e traduz a necessidade de adaptar a metodologia às condições específicas de cada mercado alvo.

Mais concretamente, o projeto prevê as seguintes ações fundamentais por tipologia:

a. Introdução de novo método de organização nas práticas comerciais ou nas relações externas: Contratação de 2 Gestores(a)s de Mercados Externos, responsáveis pela estruturação de um gabinete e de uma metodologia de internacionalização eficiente e eficaz, no âmbito do projeto.
b. A presença na web, através da economia digital;
c. O conhecimento de mercados externos;
d. O marketing internacional; e. A prospeção e presença em mercados internacionais.

 

Designação do projeto | INOVAÇÃO PRODUTIVA

Código do projeto | NORTE-02-0853-FEDER-044082
Objetivo principal | OT 3 – Reforçar a competitividade das PME
Região de intervenção| Norte
Entidade beneficiária | ARCH, S.A.
Data da aprovação | 23-07-2019
Data de início | 08-03-2019
Data de conclusão | 07-03-2021
Custo total elegível | 478.289,00 EUR
Apoio financeiro da União Europeia |Incentivo FEDER – 107.615,03 EUR
Apoio financeiro público nacional/regional: Não aplicável

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:
Com o objetivo de fomentar a capacidade produtiva da ARCH, o presente projeto prevê o aumento da eficiência de processos de fabrico, o desenvolvimento e introdução de equipamento fabril inovador e a aposta na redução, reutilização e reciclagem de recursos, aplicando os princípios da economia circular.
Neste sentido, o projeto foi estrategicamente delineado para fomentar uma maior capacitação da empresa ao nível da sua capacidade produtiva, da eficiência produtiva registada nos processos produtivos adotados e, consequentemente, da qualidade dos seus produtos finais.
Para isso, foi delineado um plano de investimentos que vai ao encontro dos seguintes objetivos estratégicos:
– Fomento da capacidade produtiva, eficiência energética e redução de resíduos;
– Otimização do processo de planeamento e controlo da produção;
– Implementação de novas ferramentas de Conceção de produto.
Os investimentos produtivos propostos traduzir-se-ão na obtenção dos seguintes resultados:
– Aumento do volume de negócios em cerca de 60,89% face ao ano de pré-projeto (2017), correspondendo a uma faturação de cerca de 6,69 milhões de euros em 2023 (ano pós-projeto);
– Criação de 37 postos de trabalho até 2023, dos quais 5 com nível de qualificação VI – licenciatura.